Quem Somos

logotipo_ARCPA
Associação Recreativa e cultural da Praia da assenta
Fundada em 06/01/1980.
Instituição de Utilidade Pública por Decreto de 3/11/1983
IPSS – Instituição Particular de Solidariedade Social de 30-09-2016

A Associação Recreativa e Cultural da Praia da Assenta, foi fundada em 6 de Janeiro de 1980 e tem a sua sede na Rua das Colectividades, nº 2 em Assenta, Freguesia de S. Pedro da Cadeira, Concelho de Torres Vedras.

O terreno onde se encontra construída a Instituição foi doado pelo Sr. José Gomes da Silva e sua esposa Dª Jesuína da Conceição Lucas da Silva por escritura de 7 de Abril de 1981, realizada no Cartório Notarial de Torres Vedras.

A sua primeira pedra foi lançada em 16 de Agosto de 1981. O primeiro Regulamento Interno da A.R.C.P.A., foi aprovado em Assembleia de 8 de Novembro de 1980.

É uma Instituição sem fins Lucrativos, reconhecida como pessoa colectiva de Utilidade Publica pela Presidência do Conselho de Ministros, publicado no DR nº 253 III Série de 03.11.1983.

Em Outubro de 2013, a ARCPA, alterou os seus Estatutos, sendo agora uma IPSS – Instituição Particular de Solidariedade Social, cujo reconhecimento foi efectuado pela Direção-Geral da Segurança Social em 27.12.2013. A sua constituição data de 17.12.1980 sob forma de escritura efectuada no cartório notarial de torres vedras e publicada em DR nº 25 III serie de 30.01.1981.

Constitui-se a primeira Direcção em 18.11.1984, por eleição em Assembleia Geral realizada nesta mesma data, até então a Associação era gerida por uma comissão organizadora formada pela altura da sua fundação.

EMBLEMA, PAVILÃO, BANDEIRA, ESTANDARTE

O emblema tem a forma oblonga trancada duas vezes nos cantos superiores direito e esquerdo e uma na parte inferior com a insígnia A.R.C.P.A. no cume.

O pavilhão é representado, na parte inferior, por ondas do mar em azul e branco, e na parte superior por duas espigas cruzadas no pé com as folhas amarelas e azuis alternadas, tendo ao meio um livro aberto com fundo amarelo, dignificando a cultura e recreio, observando-se na página ao lado esquerdo uma lira e na da direita um tinteiro com uma pena.

No fundo superior do pavilhão predomina a cor branca. A Bandeira da Associação é um pano amarelo rectangular com 1,30m de comprimento por 0,80 de largura tendo o emblema ao centro.

O estandarte da Associação tem um fundo amarelo com 1,30m de comprimento por 0,80m de largura, com o nome desta bordado a azul. No semi-circulo da parte superior do emblema os dizeres “Associação Recreativa e Cultural” e na parte inferior “da Praia da Assenta”, fundada em 6/1/80”.

A sua principal actividade é o transporte de doentes não urgentes, no Concelho de Torres Vedras e zona da grande Lisboa, no entanto tem outras valências na área da saúde, tais como:

  • Posto de Saúde que funciona com serviço de enfermagem;
  • Serviço de análises clinicas;
  • Gabinete de Massagem.

De salientar que estes serviços são prestados por excelentes profissionais de saúde.

O mesmo foi inaugurado em 11 de Abril de 1999, pelos senhores Governador Civil de Lisboa, Dr. Antonio Alberto Avelino e Presidente da Camara Municipal de Torres Vedras, Dr. Jacinto Leandro serviço de transporte está equipado com três viaturas, onde se inclui uma ambulância, equipadas de acordo com as exigências previstas na Lei, assim como socorristas/motoristas devidamente credenciados para o efeito, possuidores de cursos TAT reconhecidos pelo INEM e pelo Ministério da Saúde, entidade que tutela esta actividade.

Funciona ainda na Associação um Posto de Correios de 2ª a 6ª em horário laboral. A ARCPA tem ainda uma parceria com o Município de Torres Vedras, concretamente com a cedência de espaços para o sector de Educação e do Desporto, os quais, visam assegurar o apoio à família dos alunos da EB1 e JI da Assenta, o Desporto Sénior, Actividades Recreativas e Lúdicas do grupo sénior. O nosso salão tem capacidade para a realização de festas, almoços convívio, casamentos e baptizados, entre outras, com uma lotação de 200 lugares sentados

Está devidamente equipado com uma cozinha apetrechada de todos os utensílios necessários para o apoio a estas actividades. Existe no salão, em exposição uma Canoa que durante muitos anos andou na faina do mar, a mesma foi restaurada tanto a nível de cores como estrutura tentando manter os traços originais, o mais possível, por um filho da terra o Sr. João Batista Pardal.

Esta canoa esteve presente numa exposição no Museu da Camara Municipal de Torres Vedras, intitulada “A Terra e o Mar”, e quando a mesma terminou foi cedida à nossa Instituição.